Último destaque da semana
Palestra sobre certificação GRASP na Frutitec

Palestra sobre certificação GRASP na Frutitec

A Agim vai organizar uma palestra técnica sobre o tema “Nova certificação GRASP: Responsabilidade social na agricultura e as últimas exigências dos mercados de exportação”. Este evento vai decorrer no dia 10 de março (sábado), a partir das 16 horas, na Exposalão (Batalha) e está integrado na programação de palestras técnicas da Frutitec 2018.

Trata-se de um tema pouco abordado no nosso país mas que tem uma importância crescente nos mercados internacionais e imprescindível para quem pretende exportar os seus produtos.

 

O que é o GRASP

 

O GRASP (GlobalGAP Risk Assessment on Social Practice) é um modelo de certificação que pretende auditar as boas práticas sociais na exploração agrícola, relacionados com os seus colaboradores, nomeadamente no que diz respeito à sua saúde, segurança e bem-estar.

Trata-se de um processo complementar ao GlobalGAP mas que pode ser implementado e auditado em simultâneo com esta certificação. Na prática, o auditor procede à avaliação do GRASP na exploração agrícola sendo os resultados finais inseridos na base de dados da certificação GlobalGAP e visíveis a todos os utilizadores. Desta forma, é encontrado o grau de cumprimento desta certificação, válida por um ano.

A certificação GRASP é um instrumento que permite ao produtor estabelecer um bom sistema de gestão e responsabilidade social na sua exploração. Permite ainda ao comprador ter uma garantia adicional sobre as boas práticas em uso nessa exploração agrícola no que aos seus trabalhadores diz respeito.

São muitas e variadas as razões para que o produtor faça a implementação da certificação GRASP na sua exploração agrícola: – Melhora o seu sistema de gestão social da unidade de produção. – Fortalece os direitos dos trabalhadores e aumenta o sentido de responsabilidade na unidade de produção. – Contribui para a manutenção de trabalhadores bons e qualificados, reduzindo os custos com variação. – Reduz os custos de acidentes e avarias, uma vez que é suportado numa comunicação clara. – Cria um ambiente de trabalho positivo, estabelecendo regras e obrigações mais claras. – Incentiva a participação dos trabalhadores e ajuda a inovar. – Demonstra o compromisso com a responsabilidade social. – Evidencia a unidade de produção perante fornecedores e compradores. – Reduz o risco de não-conformidades sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.Os campos obrigatórios estão marcados *

*

Free WordPress Themes - Download High-quality Templates